sábado, 29 de maio de 2010

efeito sanfona.

É como se eu fosse uma daquelas lindas bolas de aniversário.
Deixo que você me encha com todo esse mistério, de ser ou não ser ou de talvez poder ser mesclado com uma porção de esperança.
E é sempre quando estou em silêncio perto de ficar bem grande, bem completa de você, que eu percebo seu corpo se projetando num ângulo oposto ao meu.
Você está indo embora como todos os outros. Então eu abro a boca e me abraço tão forte que me esvazio num ímpeto instante, e já estou sozinha novamente.
O problema das bexigas é que conforme sofrem esse processo por muitas vezes, elas se tornam flácidas.
E se eu furar?

Larissa C.

1 comentários:

Amanda Vieira, disse...

Adorei a sua comparação, de verdade.
Ficou lindo :)

29 de julho de 2010 11:40

Postar um comentário

 

©2009Modo de usar | by TNB